sexta-feira, novembro 09, 2007

HEIMATAERDE - "LEBEN GEBEN LEBEN NEHMEN"


Mais do que recomendado é o novo álbum "Leben Geben Leben Nehmen" do
Heimataerde. Não me perdou por não ter procurado ouvir antes essa
fantástica e original banda de sonoridade obscura e pra lá de densa.
Para ser sincero, não foi por desinteresse ou descaso, pois já ouvia
falar muito desses alemães, principalmente de alguns amigos do Rio de
Janeiro. O pior, foi perder a apresentação da banda no WGT 2007, onde
estive esse ano, por motivo do horário de meu trem para Berlin. Erro
irreparável!

Não sei se alguns colegas concordam comigo, mas o caso é que são
muitas novas bandas surgindo ultimamamente e as já existentes lançando
uma carralhada de novos trabalhos. Só esse ano a explosão de novidades
está sendo acima do esperado. Fica praticamente impossível ouvir e
acompanhar todas as novidades e laçamentos.

Minha primeira experiência auditiva com o Heimataerde, foi afinidade
musical imediata. Além da banda possuir uma originalidade marcante não
só em sua musicalidade, mas também em seu visual, pois a banda se
apresenta fielmente travestida de cavaleiros templários em seus shows.
O Heimataerde, em meu entender, fez uma junção inteligente da
nostálgica musicalidade mediéval com o mais puro dark electro /
industrial, tornando o som da banda climático e ao mesmo tempo
pulsante e instigativo.

É maravilhoso ouvir as faixas do novo álbum "Leben Geben Leben
Nehmen", desde a sua bélissima introdução, passando logo após pelo
hino dançante "Heimataerde" até a última faixa "In Alle Weigkeit",
que tem como convidado nos vocais, Henrik Iversen (ex Namnambulu e
atualmente Second Decoy). O álbum também conta com a participação do
também vocalista Dennis Schober (Solitary Experiments) na excelente
faixa "Sie Zerrt An Mir".

Com uma produção impecável e musicalidade impar, é simplesmente
impossível ouvir esse álbum e não ter o sentimento de glória, poder,
luxurias palacianas, magia e trevas. Nunca me senti tão a vontade de
poder escrever minha opinião sobre um trabalho como esse do
"Heimataerde", pois para mim é até agora o melhor lançamento do ano de
2007.

Faixas:

Introductio
Heimataerde
Brueder (Vocem Meam Version)
Volle Deckung
Vater
Nun Komm' Der Heiden Heiland
Der Eid (Introductio II)
Arca Memoriae
Sie Zerrt An Mir
10.000 Messerschnitte
Der Verfall
In Alle Ewigkeit

Membros:

Ashlar Von Megalon

Livecrew:
Bruder Ansgar v. Hucretha
Bruder Horso
Bruder Raphael aus Nienbrügge
Bruder Nikolaus Berchovesche

Gravadora:

Infacted Records

Websites:

www.heimataerde.de
www.myspace.com/heimataerde

Um comentário:

carlos renato disse...

concordo com vç é uma das melhores bandas do momento na minha opinião,já os conheço a algum tempinho e a cada lançamento deles é um melhor que o outro (heimataerde the great band)